Páginas

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Natal em Sorocaba - 2012



Confira a programação da prefeitura 
para o Natal 2012 em Sorocaba:



- Dia 5 - Segunda-feira
Coral Ars Música Sacra de Sorocaba
Local: Catedral Metropolitana de Sorocaba
Horário: 19h30

- Dia 6 - Terça-feiraOficina de Presépio para Crianças
Desenvolvimento de técnicas para confecção de presépio, acompanhadas de apresentação de histórias sobre o tema
Faixa Etária: 07 a 10 anos
Local: Biblioteca Infantil Renato Sêneca de Sá Fleury
Horário: 9h as 11 e das 14h às 16h
Vagas limitadas

Programação Natal na Praça
19h30 - Abertura Oficial
Participação Especial Orquestra Filarmônica Fernando Prestes
Regente: Leonardo Anunciação
Solistas: Marco Antônio Amaral e Victória de Sousa Real
Coral Adulto do Projeto Mais Cultura
Regente: Maestro Jonicler Real

- De 6/12 a 06/01Exposição de Presépios
26 presépios de diversas regiões do Brasil e de países da América Latina, confeccionados em diferentes materiais, como argila, madeira e fibras naturais
Local: Biblioteca Infantil Renato Sêneca de Sá Fleury
Horário: 8h às 17h

- Dia 7 - Quarta-feira
17h - Alunos da E.M. "Prof. Luiz Almeida Marins"
19h30 - Auto de Natal - Trupe Koskowisck
20h30 - Coral e Conjuntos de Sinos e Flautas da Igreja Batista Central
Regente do Coral: Vanderson Michael Sampaio
Regente dos Sinos: Humberto Barbosa Sanches 
Regente das Flautas: Adamaris Ferreira dos Santos Andrade

- Dia 8 - Quinta-feira
17h - Musicalização - Secretaria da Educação
19h30 - Grupo de Choro Entre Amigos
20h30 - Banda da Polícia Militar e convidados
Regência: Subtenente Ismael Cubas

- Dia 9 - Sexta-feira
17h - Alunos das EMs "Dr. Getúlio Vargas" e "Prof. Ary de Oliveira Seabra"
19h - Coral da 3ª Idade do Sesi/Sorocaba
Regente: Teresa Baddini

- Dia 10 - Sábado
10h - Coral da 3ª Idade do Sesi/Sorocaba
11h - Grupo Atos - Igreja Metodista Livre
14h e 16h - Apresentações da Associação Comercial de Sorocaba

- Dia 12 - Segunda-feira
17h - Alunos da EM "Sorocaba Leste"
19h - Coral Anjos de Maria, da Igreja Católica da Comunidade Nossa Senhora de Lourdes - Jd. Maria Eugênia
Regente: Roselene Bozzola

- Dia 13 - Terça-feira
17h - Alunos da EM "Prof. Edemir Antônio Digiampietri"
19h - Alunos da EM "Tereza Ciambelli Gianini" e Banda Marcial de Sorocaba

- Dia 14 - Quarta-feira
17h - Alunos da "EM Achilles de Almeida"
19h - Musicalização - Secretaria da Educação e Alunos da EM "Prof. Maria de Lourdes Martins Martinez"

- Dia 15 - Quinta-feira
17h - Grupo de Percussão da Pastoral do Menor
Coordenação: Jurandir Fernando Paulino 
19h - Coral da 4ª Igreja Presbiteriana Independente de Sorocaba
Regente: Tânia Mendes Ribeiro

- Dia 16 - Sexta-feira
17h - Corporação Musical Carlos Gomes
Regência: José Carcagnolo
19h - Banda Marcial Municipal de Sorocaba

- Dia 17 - Sábado
10h - Corporação Musical Francisco Dimas de Melo
Regência: Renato José Justicia
11h - Grupo Revivendo
14h e 16h - Apresentações da Associação Comercial de Sorocaba

- Dia 18 - Domingo
Cantata de Natal da Estação Ferroviária
Horário: a partir das 20h

- Dia 19 - Segunda-feira
17h - Grupo de Choro Entre Amigos
19h - Orquestra de Cordas da 1ª Igreja Batista de Sorocaba

- Dia 20 - Terça-feira
17h - Grupo Revivendo
19h30 - Auto de Natal - Trupe Koskowisck
20h30 - Grupo Aliança do Senhor

- Dia 21 - Quarta-feira
17h - Grupo de Choro Entre Amigos
19h30 - Coral Jovem Presbiteriano Neusa Vieira de Aguiar - Igreja Presbiteriana Rocha Eterna
Coordenação: Telma Eliana de Aguiar e Wagner Leandro Nogueira

- Dia 22 - Quinta-feira
17h - Grupo Revivendo
19h30 - Projeto Abençoando Sorocaba - Coral Alegro/Departamento
Infantil ABCD da Igreja Assembleia de Deus - Ministério Belém

------------

- Dia 7 - Quarta-feira
Vozes de Natal 
Realização: TV Tem
Apoio: Prefeitura de Sorocaba - Secretaria da Cultura e Lazer / Villàggio Shopping
Local: Praça Pio XII - Santa Rosália
Horário: a partir das 19h30

- Dias 13, 14, 15, 16 e 18V Cantata de Natal na Estação
Participação dos Alunos do Programa "Mais Cultura"
Local: Estação Ferroviária Sorocabana
Horário: 20h30

- Dia 20 - Terça-feira
III Cantata de Natal no CPI/7
Execução do Coral da Policia Militar do Estado de São Paulo e da Banda
Regimental de Música do CPI/7, seguida de uma queima de fogos patrocinada pelo Grupo Schaeffler
Local: Rua Bento Manoel Ribeiro, 209 - Cerrado (fachada do prédio)
Horário: 20h
Gratuito

- Dias 20, 21, 22 e 23III Cantata de Natal no Mosteiro de São Bento
Local: Largo do São Bento
Horário: 20h30

terça-feira, 11 de dezembro de 2012


sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

A Origem dos Guardiões - filme

A Origem dos Guardiões, da Dreamworks. 


Quando Avatar chegou aos cinemas, muita gente o criticou por ser "mais do mesmo". O que essas pessoas não viam era que a fórmula podia ser bem conhecida, mas estava tão bem empregada e embalada em um cenário tão inovador, que tudo o que a história precisava fazer era apenas levar o espectador para aquela viagem - o que fazia com primor. A Origem dos Guardiões (Rise of the Guardians, 2012)) tem muitas destas características. Os personagens, por exemplo, são velhos conhecidos (Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada dos Dentes e Sandman), mas com algumas mudanças: o Papai Noel está todo tatuado e carrega enormes espadas, o Coelhinho da Páscoa tem 1,85m e atira bumerangues, a Fada dos Dentes balança suas asas e espalha charme por todos os lados e o fofíssimo Sandman é um gorduchinho que não fala, mas se expressa usando desenhos.
Leia mais sobre o filme no site Omelete.

Eu levei o Pedro para assistir a esse filme mesmo não conhecendo a história. Não li o livro e nem sabia o que me esperava. Muitos personagens como Sandman e Jack Frost não são conhecidos do público infantil brasileiro. Fui assistir por adorar as animações da Dreamworks! Não me empolgou, não gostei da dublagem e não assistirei em DVD...mas as crianças adoram porque tem 'o bem' e 'o mal' e lutas entre eles. Além de toda a lenda desses personagens...!







terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Caravana da Coca Cola 2012!




Caravana de Natal Coca-Cola 
passará por nove cidades da região

Projeto que resgata a magia dessa época do ano, passará por nove cidades da região encantando crianças e adultos

Por onde passa a Caravana de Natal da Coca-Cola – Sorocaba Refrescos, muitos olhares se enchem de emoção. As pessoas correm para ver, saem nas janelas, param os carros e acenam. Assim, pelo 12º ano consecutivo, entre os dias 1º e 22 de dezembro, a caravana percorrerá oito cidades da região - Tatuí, Itu, Itapetinga, Itapeva, Boituva, Sorocaba, Votorantim, Araçoiaba da Serra e São Roque- levando a magia e a alegria do Natal.
São cinco caminhões que proporcionam um show de luz e sons pelas principais ruas e avenidas das cidades. Além do Papai Noel, a Caravana de Natal também conta com a participação do urso polar da Coca-Cola. Durante todo o trajeto haverá distribuição de balas.
“É um belo espetáculo que encanta gente de todas as idades. É emocionante ver a reação das pessoas. Quando a caravana passa, é possível perceber o quanto o Natal é mágico, especialmente para as crianças, é claro, mas é muito tocante ver que os também cultivam esse espírito e estimulam as crianças a sonhar”, comenta Bruna Hernandes Sulga, analista de promoção e propaganda da Sorocaba Refrescos.
Ela ressalta que a Caravana de Natal é uma maneira da Sorocaba Refrescos presentear o público , de uma forma não necessariamente material, para agradecer o carinho recebido ao longo de todo o ano. “Além de ser gratificante, essa aproximação com a comunidade é muito importante na construção da nossa história. A nossa intenção é espalhar a felicidade”, diz Bruna.
A estréia da caravana será dia 1º de dezembro , em Itapeva. Em Sorocaba, vários locais serão visitados, em dias diferentes. São eles: Júlio de Mesquita, Wanel Ville, Centro, Vila Hortência, Central Parque, Avenida Itavuvu, Parque São Bento, Região da Vila Hortência, região dos Shoppings e Campolim.









Primeiro contato com a morte.

A morte é sempre tabu. 
Um assunto que evitamos sempre. 
Ontem, o Pedro comentou sobre a morte da mãe de um coleguinha. Ele disse que o amigo ficava triste quando alguém falava da mãe dele. Eu sentei, expliquei o que aconteceu, que o amigo nunca mais terá a mamãe por perto e por isso não deveria falar com ele sobre a mãe se isso fosse deixá-lo triste e que deveria apenas brincar com o amigo e dize
r que podia 'contar com ele'. Daí ele entendeu a morte...foi duro! Duro demais. Ele sentiu a dor do amigo e chorou muito, muito mesmo. Ficou inconsolável por muito tempo. 
A dor da perda...sem nem mesmo ter perdido. 
Isso, meus amigos, é chorar com os que choram! 
Decidimos comprar um 'sansão' pro amigo neste Natal.
Esse é o Pedro: menino de fé, amigo de Deus.


Nunca se esquive de falar assuntos difíceis com as crianças. É importante perceber se elas tocam nos mesmos assuntos mais de uma vez e não tentar fugir ou inventar histórias. Sente e explique, com suas palavras mesmo. Não precisa ser científico. Dependendo da idade da criança, a curiosidade é pouca; mas nunca deixe de conversar. Melhor saberem através de nós, pais, do que através de estranhos. Não explique demais nem de menos...mas não as deixe sem respostas.



segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Strogonoff em Sorocaba!

Uma deliciosa maneira de passar o sábado!!


Prestigie!

08/12/2012
a partir das 10h
Rua Benedito Ferreira Teles, 639 - Jardim Simus
Sorocaba - SP

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Relato de uma mãe: doença de Blount.

Doença de Blount!

Quando o médico de um conceituado hospital infantil de SP disse essas palavras, a respeito da minha filha, Mary*, eu quase tive uma síncope! E complementou: é caso de cirurgia, e não apenas uma, mas várias, conforme o crescimento...até a adolescência.



Aquele era o primeiro médico, dos 7 que eu já havia passado, que comentou sobre essa doença; até então os médico anteriores me diziam que era preciso acompanhar, pois a Mary era muito nova. Teve um que disse pra eu ficar tranquila que aquilo corrigia sozinho. Não tinha como ficar tranquila!
A Mary nasceu saudável, ganhou peso rapidinho, só mamando no peito. Virou uma bebê super fofinha! Aos nove meses deu seus primeiros passinhos e foi quando começamos a reparar nas suas perninhas arcadas (Genu Varum).



Imaginava que o caso dela seria corrigido com bota ortopédica, mas não encontrava UM médico que a receitasse. Nas minhas pesquisas virtuais tudo o que encontrei foi: botas ortopédicas não servem pra NADA... o que fazer então? Esperar ou marcar cirurgia? Eu não queria nenhum dos dois.
Com muita oração e perseverança, fui ao 8º médico, de uma clínica ortopédica no Ibirapuera. Médico ótimo, atencioso, professor no assunto e finalmente me receitou a benditas, sim, benditas botas ortopédicas!



A Mary usou as botas diurnas por exatos 7 meses, e as botas noturnas continuam em uso, pois o tratamento ainda não acabou. Foi possível notar a melhora nas perninhas dela a cada dia e hoje posso dizer que suas pernas são perfeitas! Graças à Deus!


meu objetivo aqui não é desabonar 
opiniões médicas
ou anos de estudos 
à respeito das Botas Ortopédicas, 
mas sim encorajar os pais 
a não desistirem, 
procurar mais de uma opinião médica, 
não aceitar tudo 
o que a internet oferece de informação, 
ter fé e seguir sua intuição! 
Não sou médica, mas sou mãe.




Meu marido comentou que viu na rua, há poucos dias, uma criança de uns 2 anos, com as perninhas mais tortas que as da Mary, antes do tratamento. Questionei-lhe por que não parou pra conversar com os pais dessa criança e contar a nossa história... Imaginando que, como eu há uns meses atrás, a mãe desse bebê deve estar bem preocupada, resolvi escrever esse texto. Talvez o tratamento daquela criança não seja o mesmo, e cada caso deve ser avaliado isoladamente, mas meu objetivo aqui não é desabonar opiniões médicas ou anos de estudos à respeito das Botas Ortopédicas, mas sim encorajar os pais a não desistirem, procurar mais de uma opinião médica, não aceitar tudo o que a internet oferece de informação, ter fé e seguir sua intuição! Não sou médica, mas sou mãe.

Mary tem hoje 2 anos e 9 meses, começou o uso das botas ortopédicas diurnas quando tinha 1 ano e 11 meses e parou com 2 ano e 6 meses. Seu crescimento rápido e controle do peso foram favoráveis ao tratamento, mas ela simplesmente detestava usar as botas...


*nome fictício, para preservar a identidade da criança.



CONSEGUIMOS AUTORIZAÇÃO PARA PUBLICAR NOME DO MÉDICO E ENDEREÇO DA CLÍNICA. 
BOA SORTE A TODOS!!

Resenha da mãe da Mary:
Seguem os dados do médico:

Clínica Ortopédica Ibirapuera
Dr. José Antonio Pinto
Rua Afonso Brás, 817 - Vila Nova Conceição - São Paulo - CEP 04511-011
Fone 11 3842-8333 / Fax 11 3842-8573 / Bip 3444-4545 Cód 1084610
 Ele é ótimo!
É professor Adjunto - Doutor em Ortopedia e Traumatologia da Escola Paulista de Medicina - Universidade Federal de SP
CRM 31820 - TEOT SP 03.479

Caso ele indique a bota, eu mandei fazer na Ortopedia Cavaliere.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Dia das Crianças!

O que você tem plantado na vida de seu filho/filha?





Seja exemplo! 
Esse é o melhor presente que você poderia dar a eles.


terça-feira, 4 de setembro de 2012

Quero uma mãe gordinha!

Quando meu esposo trabalhou na cidade de Santos - SP, trouxe-me, certo dia, o texto abaixo impresso, retirado do Jornal A Tribuna. Ainda não éramos pais; mas, lendo esse relato, sabíamos que tipo de pais não queríamos ser para nossos filhos! O texto é de 2005, de autoria de Luiz Alca de Sant'Anna.



Quero uma mãe gordinha!


O tom depressivo da garota de 17 anos, no e-mail, me abalou no meio do feriado. E olhe que esta página tem recebido muitas mensagens de adoslecentes, o que é muito bom. no início nem entendi quando ela falava que 'chapou o coco' para ter coragem de escrever e que anda gastando toda a mesada com 'goró', apesar de odiar fazer isso. Tive que pedir ajuda a outro adolescente para saber que 'chapar o coco' é ficar bêbado e 'goró' é a própria bebida. Aí ela descreve o seu drama e a imensa tristeza, sempre nos mesmos termos. Sente-se completamente abandonada pels pais, também muito jovens, de 37 anos, a mãe, e de 41, o pai. Só tem um irmão de 12, que mora com a avó, em Campinas. Em resumo, ambos trabalham, ficam fora o dia inteiro e, quando chegam em casa, mal trocam de roupa e vão para a academia, malhar. Passam lá duas a três horas e depois cada um estica com os amigos para um lado. Nos fins de semana, também fazem seus programas e dizem que é legal a filha fazer os dela. A menina diz que só tem a empregada para 'resumir a semana' (conversar) porque a galera não quer falar disso. Achando-se feia, não quer ficar com ninguém e assim, quando sai, bebe tudo o que tem direito. A mãe só abre a boca para dizer que ela é relaxada, está gorda e com a pela feia e faz comparações com sua própria figura, segundo a menina superbem e com um shape invejável. O pai, que as amigas dela paqueram, é um gato. 'Mas nunca se interessa por nada meu e quando tá em casa dorme ou fica na internet'. O texto do e-mal é longo, mas lá pelas tantas ela diz: 'ontem fui na casa de uma colega do colégio, estudar, e a mãe dela fez bolo de chocolate e suco prá gente e me beijou, cara, coisa raríssima lá em casa. Olhei para ela, vi o jeito de tratar a gente e desejei muito ter uma mãe gordinha assim, sem ser liberalzona, que me controle, não me deixe chegar de madrugada e brigue comigo, mas que se interesse pela minha vida, cara, não deixe eu fazer o que quiser, me dê amor, pô! Não quero só uma mãe e um pai bonitos!' Não soube ainda o que responder-lhe. Preciso explicar-lhe que não se trata de ser gordo ou magro, bonito ou feio, mas de uma carência sem fim. É um duro e amargo relato do momento em que vivemos.


segunda-feira, 3 de setembro de 2012

A idade certa para ser mãe!

Quando ser mãe
Newton Eduardo Busso*


Nos países desenvolvidos está aumentando o número de mulheres que vem adiando para etapas mais tardias de suas vidas a decisão de ter o primeiro filho. O Brasil também começa a viver essa tendência, especialmente entre a população de classe média.
Os métodos contraceptivos hoje absolutamente confiáveis, como a pílula anticoncepcional, já há quase quatro décadas vêm mudando radicalmente o comportamento sexual feminino, propiciando independência em termos de prevenção da gravidez não desejada, o que antes era possível somente com a participação efetiva do homem.
Com o domínio da concepção as mulheres assumiram nova postura na sociedade, saindo do lar e entrando no mercado de trabalho. Assim, tornaram-se "independentes e emancipadas" sob os pontos de vista sexual e financeiro, mudando suas prioridades quando comparamos as mulheres do final do século passado e início do século 21 com as de gerações anteriores, cujo horizonte restringia-se, na maioria das vezes, a casar e ter filhos mal saídas da adolescência.
Esta nova postura não significa que as mulheres não queiram mais casar nem ter filhos, mas sim que essa decisão vem sendo postergada pelos mais variados motivos, dentre os quais se destacam a prioridade pela formação profissional e acadêmica, viagens e independência financeira, dentre outros.
Se por um lado esses motivos são absolutamente compreensíveis, por outro os estudos mostram que as chances de gestação diminuem com a idade, em decorrência de problemas ginecológicos inúmeros, como cistos, miomas, infecções e endometriose, além de fatores decorrentes da própria idade, pois os óvulos perdem a capacidade de gerar bons embriões com o tempo. Evidentemente que cada mulher, com seu livre arbítrio, tem sua razão individual para adiar a gravidez, mas é preciso levar em conta as complicações decorrentes do tempo.
O aprimoramento das técnicas de reprodução assistida e a introdução de novos e modernos tratamentos podem transmitir a falsa sensação de que a infertilidade conjugal é um problema de fácil solução. Nesse aspecto, entretanto, ainda é melhor prevenir do que remediar, uma vez que os tratamentos podem ser longos, caros e, por vezes, mal sucedidos.
A idade recomendável para se ter um filho de maneira a garantir que a gestação ocorra com mais facilidade e maiores chances de sucesso ainda é até os 35 anos de idade. Para isso, é necessário planejamento. Se o casal tem como objetivo constituir família com filhos, deve-se priorizar este projeto a fim de evitar problemas futuros e não deixá-lo por último, depois da carreira e da viagem para a Europa, por exemplo. A opção por atrasar a chegada do bebê pode ser irreversível, mas a carreira e a viagem com certeza não o são.
Devemos recordar, ainda, o que a mídia mostra com absoluta irresponsabilidade, respaldada pela propaganda por vezes enganosa de que é possível engravidar quando quiser e com a idade que bem entender. Acompanhamos com certa preocupação a divulgação de verdadeiros "milagres", como a possibilidade real e imediata de congelar óvulos hoje e conseguir a gestação com facilidade daqui há alguns anos, sem, no entanto, deixar claro as reais taxas de gravidez obtidas por esse método.
Esses e outros aspectos devem ser objeto de avaliação por parte da mulher que pretende constituir família. Nesse sentido, torna-se fundamental que ela procure ter orientações claras e precisas de seu ginecologista, especialmente quando tiver que decidir prioridades em suas vidas, entre elas a de quando ser mãe. Vale lembrar que a mesma ciência que contribuiu de modo fundamental e eficaz no controle da fertilidade ainda não oferece as mesmas chances no tratamento da infertilidade.


*Newton Eduardo Busso é médico ginecologista, especialista em infertilidade conjugal e secretário geral da 19ª Jornada de Obstetrícia e Ginecologia da Santa Casa de São Paulo

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Dia dos Pais:triste ou alegre? MÚSICAS

A figura paterna é imprescindível na formação do ser humano. Não entendo o por quê de muitos pais abrirem mão dessa tarefa tão maravilhosa que é a construção do caráter de uma pessoa! Há sempre muita decepção e mágoa quando crianças se tornam adultos, olham para trás e vêem como foram emocionalmente destruídas por seus pais. Pensando nisso, no pai que temos, no pai que não tivemos, no pai que gostaríamos de ter tido...separei uma seleção especial:

CATS IN THE CREADLE


Cama De Gato

Meu filho nasceu outro dia
Veio para o mundo da maneira comum
Mas havia aviões para embarcar, e contas a pagar
Ele aprendeu a andar enquanto eu estava fora
E ele estava falando antes de eu conhecê - lo
E enquanto ele crescia
Ele dizia: "Vou ser igual a você pai,
Você sabe que vou ser igual a você."

E a cama de gato e o berço de ouro,
Menininho azul e o homem da lua.
"Quando você vem pra casa?"
"Filho, eu não sei. Mas ficaremos juntos depois.
Você sabe que nos divertiremos depois."

Bem, meu filho fez 10 outro dia
Ele disse, "Obrigado pela bola,pai. Vamos jogar.
Você pode me ensinar a lançar?"
Eu disse,"Hoje não. Eu tenho muita coisa pra fazer."
Ele disse, "Tudo bem." E andou pra longe
E sorriu e disse,
"Sabe, que eu serei exatamente como ele, yeah.
 Sabe, que eu serei exatamente como ele."

Bem, ele foi para universidade outro dia ,
Tão crescido que eu tive que dizer,
"Estou orgulhoso de você.
Você poderia sentar por um momento?"
Ele balançou a cabeça e disse com um sorriso.
"O que eu realmente gostaria, pai, é pegar emprestado as chaves do carro. Te vejo mais tarde. Posso tê-las por favor?"

Me aposentei há muito tempo, meu filho se mudou.
Eu o chamei outro dia.
"Eu gostaria de te ver, se não se incomodar."
Ele disse, "Eu adoraria, pai, se eu tivesse tempo.
Veja, meu novo emprego é cansativo e as crinças estão gripadas,
Mas é muito bom falar com você, pai.
Tem sido muito bom falar com você."
Eu desliguei o telefone e me ocorreu,
Ele cresceu exatamente como eu.
Meu filho é exatamente igual a mim.



BECAUSE OF YOU




Por Sua Causa

Eu não cometerei os mesmos erros que você
Eu não me permitirei causar a meu coração tanta tristeza

Eu não vou desabar do jeito que você fez, você se machucou profundamente
Eu aprendi da maneira difícil a nunca me deixar chegar até esse ponto

Por sua causa eu nunca ando muito longe da calçada
Por causa de você eu aprendi a jogar do lado seguro
Assim eu não me machuco

Por sua causa eu acho difícil confiar
Não só em mim, mas em todos à minha volta
Por causa de você eu tenho medo

Eu perco meu caminho
E não demora muito até você mencionar isso
Eu não posso chorar
Porque eu sei que isso é fraqueza nos seus olhos

Eu sou forçada a fingir um sorriso, uma risada
Todos os dias da minha vida
Meu coração não pode se partir
Quando não estava inteiro para começar

Eu assisti você morrer
Eu ouvi você chorar
Toda noite no seu sono

Eu era tão jovem
Você deveria saber melhor
Do que apenas se apoiar em mim

Você nunca pensou nos outros
Você só viu sua dor

E agora eu choro no meio da noite
Pelo mesmo maldito motivo

Por sua causa
Eu dei o meu melhor para apenas esquecer tudo
Por sua causa
Eu não sei como deixar ninguém se aproximar de mim

Por sua causa
Eu estou envergonhada da minha vida
Porque ela está vazia
Por sua causa eu tenho medo


SOMETIMES YOU CAN'T MAKE IT ON YOUR OWN


As Vezes Você Não Consegue Fazer Tudo Sozinho

Teimoso, você acha que entende das coisas
Você diz pra mim e pra qualquer um
Que você é duro o suficiente

Você não tem que propor uma briga
Você não tem que estar sempre certo
Me deixe levar alguns socos
Por você esta noite

Me ouça agora
Preciso que você saiba
Você não tem que suportar isso sozinho

E é você quando olho no espelho
E é você quando não atendo o telefone
As vezes você não pode fazer isso sozinho

Nós brigamos o tempo todo
Eu e você... Está tudo bem
Nós somos a mesma alma
Não preciso... Não preciso ouvir você dizer
Que se não fossemos tão parecidos
Você gostaria de mim um pouco mais

Me ouça agora
Preciso que você saiba
Você não tem que suportar isso sozinho

E é você quando olho no espelho
E é você quando não atendo o telefone
As vezes você não pode fazer isso sozinho

Sei que não conversamos
Já estou cheio de tudo isso
Você pode me ouvir quando eu
Canto, você é a razão de eu cantar
Você é o motivo pela opera estar em mim

Onde estamos agora?
Eu tenho que te deixar saber
Uma casa ainda não faz um lar
Não me deixe aqui sozinho



MARVIN


terça-feira, 26 de junho de 2012

Festa Junina da ABOS, em Sorocaba.


 Associação Beneficente Oncológica de Sorocaba

Dia 30/06/2012 às 18h 
será realizada a tradicional festa junina da ABOS!! 

Participe!

Terá barracas de sopa de cebola, lanches de pernil e calabresa, pastel, quentão e vinho quente, brincadeiras como argola e roleta, música ao vivo e diversos tipos de doces!!

Rua João Crespo Lopes, 415 - Jd América
Sorocaba
Tel.: (15) 3222-1885
e-mail: abos@terra.com.br












Fundada em meados de setembro de 1988, a Associação Beneficente Oncológica de Sorocaba, ABOS, é uma entidade sem fins lucrativos destinada a dar apoio às pessoas em tratamento contra o câncer. Tem como objetivo dar abrigo aos pacientes de outras cidades que, por falta de recursos, passavam a noite ao relento ou acabavam interrompendo o tratamento.
Nossos “hóspedes” permanecem gratuitamente na casa pelo tempo necessário para sua efetiva melhora. Quando criança, permanece acompanhado da mãe ou algum familiar responsável. A entidade se responsabiliza pela locomoção do paciente até o hospital ou à clínica onde deverá ser feito o tratamento, oferece hospedagem, medicamentos, alimentação, transporte, apoio psicossocial, assistencial e até jurídico. Também, é claro, eventos para entretenimento, festas, oficinas de artesanato, cursos e muito carinho, fazendo com que todos se integrem como numa grande e feliz família.

A sede da entidade é própria e conta com 12 (doze) dormitórios e 60 (sessenta) leitos, divididos em alas masculina, feminina e infantil, abrangendo ainda ampla cozinha, refeitório, despensa, lavanderia, área de lazer (dois salões), consultório, enfermaria, farmácia, rouparia, sala de reuniões para os médicos e psicólogos, jardins e administração.

Em mais de 20 anos de trabalho já foram atendidos cerca de 5.600 pacientes.

Para que a instituição sobreviva, além da subvenção recebida da Prefeitura Municipal de Sorocaba, recebemos doações em dinheiro e em materiais dos mais variados, temos sócios contribuintes, realizamos eventos, temos um bazar permanente e uma equipe de voluntários que confecciona artesanato, com toda renda revertida para compra de medicamentos e produtos alimentícios.


 

Calvin! Clique na imagem e divirta-se!


Erotização infantil.

Fui, recentemente, a um salão de festas, num evento particular voltado ao público infantil e vi uma menina que me chamou a atenção: ele daveria ter a idade de meu Pedro e estava mais maquiada do que eu! Batom vermelho, blush...fiquei perturbada com a imagem mas deixei prá lá; afinal, tenho 02 meninos e não menina.



Isso é nada perto de cada coisa que vemos na TV, nos filmes, revistas, gibis etc. Crianças falando em sexo, tesão, beijo na boca...com menos de 06 anos de idade! Outdoors com meninas vestidas de 'pijaminhas' curtinhos...

Tanta exposição a sexualidade! 
Tanto apelo! 
Tanto material para os pedófilos!



Qual o limite da vaidade? 

Será que essa erotização e adultização precoce não podem ser prejudiciais? 
Penso em meus filhos, inocentes ainda, não sabem o que é namoro, sexo, brincam com brinquedos apropriados à idade deles, assistem programas condizentes com a idade...e colaboramos também: não assistimos novelas, programas 'de domingo', filmes inapropriados, não ouvimos rádio FM, não vemos telejornais etc.; qualquer informação nossa vem pela internet enquanto as crianças estão na escola. Para quê colocar dentro da minha casa informaçãoes desnecessárias, que nada acrescentam à nossa vida?
Se a educação começa em casa...

Ouvi uma mãe falar de uma reunião de escola, onde outra mãe disse que a filha, de menos de 02 anos de idade, dançava como 'as bailarinas do Faustão', gabando-se disso! Que a menina adora novelas e canta músicas 'atuais'. Atuais e imorais! 
Sei que não há como criar os filhos numa redoma de vidro e nem quero isso! 

Sou a favor da criança viver como criança: 
sem pular etapas 
e curtir a infância a cada momento de sua vida. Brincar, fantasiar, se sujar, correr, 
pular, ralar o joelho...
tudo isso faz parte da infância, 
algo que nossas crianças estão perdendo 
por serem precoces demais!

Pais, fiquem atentos: deixem seus filhos serem crianças! 
Não antecipem o amadurecimento deles! 
Tudo tem seu tempo. 
O mundo adulto vai chegar até elas... 


Essas crianças...

Desde que tive meu filho Pedro penso em escrever. Não apenas algo para as mães mas compartilhar com todos as alegrias, sustos, tristezas, emoções e até os momentos de raiva que todos os pais passam com seus filhos.
Cada filho é único, não dá para generalizar. Mas existem coisas que toda criança faz, sem exceções...quem tem filho vai se identificar, quem pensa em ter filhos...vai se surpreender!

Além disso, quem é de Sorocaba e região poderá conferir, aqui, dicas de passeios, programação cultural e outras atividades voltadas para a família, conferidas e recomendadas por mim.