Páginas

terça-feira, 29 de setembro de 2009



domingo, 27 de setembro de 2009

Esse nosso mundo capitalista!

Nada é de graça.
O dinheiro é essencial em nossa vida.
Sem ele fica difícil conseguir alguma coisa.

O Pedro já aprendeu isso: o que pegamos no mercado temos que pagar antes de consumir.

Conversa hoje no café-da-manhã:
- Pedro, você quer suco de pêra?, perguntei.
- Quero mamãe! O tio deu o suco.
- O tio deu não, o papai comprou!, respondeu o papai.
- Papai deu dinheiro, tio deu suco!, concluiu genialmente o Pedro.

Achei meio cedo para ele entender a lógica do capitalismo/consumismo, mas nem precisei ensinar muito.
Ontem, quando compramos um sorvete para ele, também ficou clara essa "troca".
Em vez de dizer "obrigado" para o dono do estabelecimento ele disse "de nada tio".



quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Chuva na sala!

Aqui em casa temos o costume de fazer uma oração antes das refeições.
O Pedro ora às vezes.
Hoje pela manhã ele agradeceu pelo café-da-manhã.
Estava chovendo e eu sugeri que ele agradecesse pela chuva também.
- Papai céu, 'bigado chuva. Molhou tudo! Lá fora, na sala...

A goteira na sala, ainda esperando conserto pela imobiliária, não foi esquecida!



Lixo no lixo!

O Pedro é um menino metódico às vezes.
Por exemplo: ele não pode ver uma porta aberta, precisa fechá-la...
seja de armário ou dos cômodos, parece incomodá-lo vê-las abertas.
Outra mania são as "cacas", lixo.
Se há algo no chão, por mais pequenino que seja, deve ir para o lixo!
E ele não sossega enquanto não encontra uma lata de lixo para se desfazer da "caca".
Ele anda pela rua vê lixo no chão e diz:
- Lixo chão mamãe! Ai, ai, ai. Não pode!
Há alguns dias vendo uma revista com o Pedro,
havia um belo jardim com folhas espalhadas pelo chão caídas das árvores.
Ele comentou:
- Mamãe, um monte de folhinhas no chão! Da árvore.
Eu disse:
- É filho, o tio vai limpar depois.
- Jogar lixo mamãe, tudo, tudo! Sujeira! - argumentou ele.

Tudo tem limite né Pedro! Nem as folhinhas escaparam de ir para o lixo.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Frases da semana.

O desenvolvimento do Pedro está rápido...
ele chegou numa fase em que todo dia tem uma novidade.
As frases estão mais complexas e os pensamentos mais organizados.

Quando acha que alguma coisa não está correta, ele fala:
- Que é isso, gente! Apanha! Ai, ai, ai!

Quando falamos que ele é um exemplo ou muito esperto, ele diz:
- Não, sou Pedro! Nada, nada esperto. Sou só Pedro!

Postarei mais algumas pérolas em breve!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

CRIANÇA DIZ CADA UMA!

Definições de palavras diversas na visão de crianças muito criativas!


ADULTO - É uma pessoa que sabe tudo, mas quando não sabe diz logo: "veja na enciclopédia".
ALEGRIA - É um palhacinho no coração da gente.
AMAR - É pensar no outro, mesmo quando a gente nem tá pensando.
BOCA - É a garagem da língua.
BONITA - "Se eu sou bonita ou inteligente? Se eu sou bonita, você vê na cara.
E se eu sou inteligente, nem respondo a uma pergunta boba dessas".
CABELO - É uma coisa que serve pra gente não ficar careca.
CALCANHAR - É o queixo do pé.
CHOCOLATE - É uma coisa que a gente nunca oferece aos amigos porque eles aceitam.
COBRA - É um bicho que só tem rabo.
CRIANÇA - Ser criança é não estragar a vida.
DEUS - Um dia eu disse que Deus era muito distraído e todo mundo riu. Só não sei a graça que isso tem.
ELÉTRONS - São os micróbios da eletricidade.
ESPERANÇA - É um pedaço da gente que sabe que vai dar certo.
FÉ - É uma menininha, na praia, esvaziando o mar com um baldezinho de plástico furado.
FUTEBOL - É um jogo em que, às vezes, a trave joga melhor que o goleiro. Pega tudo.
FUTURO - É tudo que vem depois e, quando chega, já era.
INFERNO - É um lugar onde a gente morre muito mais.
MENTIRA - (ouve-se o estraçalhar de um vidro no banheiro e o menino grita) - "É mentira do barulho!"
MISTÉRIO - É uma coisa que a gente não sabe explicar direito e, quando explica, já não é.
NAMORADO - É uma pessoa que tem medo do claro.
NEVOEIRO - É poeira do frio.
PACIÊNCIA - É uma coisa que mamãe perde sempre.
PIADA - É uma coisa engraçada que perde a graça quando a pessoa avisa que vai ser.
POLUIÇÃO - É sujeira do progresso.
REDE - É uma porção de buracos amarrados com barbante.
REFLEXO - É quando a água do lago se veste de árvores.
RELÂMPAGO - É um barulho rabiscando o céu.
SAUDADE - É quando uma pessoa que devia estar perto está longe.
SONO - É saudade de dormir.
SORTE - É a gente acordar, se preparar pra ir pra escola e descobrir que é feriado nacional.
STRIP-TEASE - É mulher tirando a roupa toda, na frente de todo mundo, sem ser pra tomar banho.
TRISTEZA - É uma criança com gesso no pé, sem assinatura.
VEIAS - São raízes que aparecem no pescoço das meninas que gritam.
VIDA - A vida de muita gente é só gol contra.
VIDA - A vida a gente não explica. Vive.
XINGAR - Quando eu xingo a minha avó, só xingo a metade que é do meu irmão.

sábado, 5 de setembro de 2009

Primas

O Pedro conhece duas das quatro primas que ele tem. A Amanda e a Elisa. Como o Pedro ama essas primas! Pelo fato de minha irmã morar longe, ele só as vê de vez em quando; o suficiente para falar delas durante muito tempo depois. Na ruas toda menina pequena chama Amanda e toda menina grande chama Elisa, para o Pedro. Ele chega a "perseguir" as crianças! Quem não gosta são as mães delas!
Quanto amor...quanta saudade!

A turminha toda! Em sentido horário: Vini, Amanda, Pedro e Elisa.

VELHA INFÂNCIA

Composição: Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Davi Moraes / Marisa Monte / Pedro Baby

Você é assim,
Um sonho pra mim,
E quando eu não te vejo.
Eu penso em você,
Desde o amanhecer,
Até quando eu me deito.
Eu gosto de você.

E gosto de ficar com você.
Meu riso é tão feliz contigo.
O meu melhor amigo é o meu amor.

E a gente canta,
E a gente dança
E a gente não se cansa.
De ser criança,
A gente brinca,
Na nossa velha infância.

Seus olhos meu clarão.
Me guiam dentro da escuridão.
Seus pés me abrem o caminho.
Eu sigo e nunca me sinto só.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Amamentação IV

Glândula Mamária: Fonte de Vida
A "pega" correta e vigorosa do mamilo e da aréola favorece a mamada com até 80 sucções por minuto.

São monitorados pelo bebê:
- Freqüência;
- Intervalo entre as mamadas
- Horário.


CURIOSIDADES SOBRE O LEITE HUMANO:
Alimento completo com secreção viva e dinâmica de puro amor.
Contém Nutrientes:
- Proteínas
- Lipídeos (gorduras)
- Lactose (açúcar)
- Sais Minerais
- Vitaminas
- Água = 87,3%
- Mais de 300 outros elementos

É rico em:
- Anticorpos
- Leucócitos
- Lactoferrina
- Fator Bífidus
- Macrófagos

Poderoso na capacidade de Prevenir:

- Infecções: respiratórias, intestinais, urinárias, de pele e de ouvido
- Alergias
- Desnutrição crônica
- Alterações ortodônticas
- Diabete Mellitus
- Outras doenças a curto e longo prazo


Poderoso na capacidade de Reduzir:
- Mortalidade Infantil
- Internamento hospitalar
- Aquisição de remédios e leite alternativo.


Amamentação III

CONTITUIÇÃO BRASILEIRA
Capítulo II, Artigo 7, Parágrafos XVIII. Licença Gestante
A licença gestante é de cento e vinte dias, sem prejuízo do empregado ou do salário. O pagamento da licença é feito pela Previdência.

Parágrafo XIX. Licença paternidade.
Esta é de cinco dias a contar do pós-parto, para que possa prestar a assistência ao filho e a sua companheira, recebendo o salário integral (esta é concedida mediante a apresentação do registro do recém nascido).

CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS TRABALHISTAS (CLT)
Art.389, Parágrafo 4º., Inciso 1º - direito da licença da hora de Amamentação.
Toda empresa é obrigada, desde que tenha trinta ou mais mulheres com mais de 16 anos de idade, a ter um local apropriado onde seja permitido às empregadas guardar sob vigilância os seus filhos, no período de amamentação. Esta exigência poderá ser atendida por meio de creches diretamente ou mediante convênios. A flexibilização desta lei é que muitas empresas pagam uma porcentagem sobre o salário a fim de contribuição a auxilio a creche.

Art.392 – Da proteção a Maternidade.
É proibido o trabalho da mulher grávida no período de quatro semanas antes e oito semanas depois do parto.

Art.392, Inciso 3º.
Em caso de parto antecipado, a mulher terá sempre direito às doze semanas previstas neste artigo.

Art.392, Inciso 4º.
Em casos excepcionais, mediante atestado médico, na forma do Inciso I é permitido à mulher mudar de função no trabalho.

Art. 396 – Direito a amamentar durante a jornada de trabalho.
Para amamentar o próprio filho, até que este complete seis meses de idade, a mulher trabalhadora terá direito, durante a jornada de trabalho, a dois descansos remunerados de meia hora cada um. (para que seja feito o esvaziamento mamário).

Parágrafo Único
Quando a saúde do filho exigir, o período de seis meses poderá ser dilatado a critério de autoridade competente.

Art. 400 – Creches e berçarios no local de trabalho.
Os locais destinados à guarda dos filhos das operárias durante o período de amamentação deverão possuir no mínimo um berçário, uma sala de amamentação, uma cozinha dietética e uma instalação sanitária. As creches à disposição das empresas mediante convênios deverão estar próximas do local de trabalho.

ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (Lei 8.069– 13/07/90)
Art. 8 – Assegurar à gestante, através do SUS, o atendimento antes e após o parto.

Art. 9 – Proporcionar condições adequadas ao aleitamento materno, aos filhos de mães submetidas a medida privativa de liberdade.

Art. 10 – Manter Alojamento Conjunto possibilitando ao neonato a permanência junto à mãe.

NORMA BRASILEIRA PARA COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS PARA LACTENTES RESOLUÇÃO 31/92 DO CONSELHO NACIONAL DE SAÚDE – 12/10/92
Esta norma protege a amamentação contra a propaganda indiscriminada de produtos e utensílios que possam induzir o desmame precoce (antes do 6º mês).

NORMA PARA O ALOJAMENTO CONJUNTO PORTARIA GM/MS nº 1016, 26/08/93.
Esta portaria obriga hospitais e maternidades vinculadas ao SUS, conveniadas ou particulares, a implantarem o alojamento conjunto.

Amametação II

A mãe que trabalha deve reivindicar o direito de amamentar seu filho:

- A mãe que, comprovadamente, amamente o seu filho tem direito a dispensa de trabalho para o efeito, durante todo o tempo que durar a amamentação.
(art.º 39 nº2, Lei 99/2003, de 27 de Agosto)

- As dispensas para consulta, amamentação e aleitação não determinam perda de quaisquer direitos e são consideradas como prestação efectiva de serviço.
(art.º 50º nº2, Lei 99/2003, de 27 de Agosto)

- A dispensa diária para amamentação ou aleitação é gozada em dois períodos distintos, com a duração máxima de uma hora cada, salvo se outro regime for acordado com o empregador.
(art.º 73º nº3, Lei 35/2004, de 29 de Julho)

- As dispensas referidas no art.º 39º, no nº3 do art.º 47º e na alínea c) do nº4 do art.º 49º do Código do Trabalho são consideradas como prestação efectiva de serviço para todos os efeitos, nomeadamente quanto à remuneração e ao desconto de tempo para qualquer efeito.
(art.º 109º, nº1, Lei 35/2004, de 29 de Julho)

Não abra mão desse direito!

Amamentação

Toda mãe amamenta. 
Não existe uma mulher, que tenha tido filhos, que não tenha leite.
O instinto materno e o amor fazem até mães adotivas e avós a "fabricarem" leite. Deus é perfeito em tudo que faz!
Outro mito: Não existe leite fraco: o leite de cada mãe é suficiente para seu filho, foi feito exclusivamente para ele, para atender às necessidades dele...portanto alimente-se melhor!
A amamentação no peito é algo natural.
Fomos feitas para isso!
Não devemos ir contra a ordem natural das coisas, não devemos negar ao nosso filho o direito que ele tem e o alimento que foi feito sob medida para ele.

É difícil, doloroso no início, mas vale a pena.

Quando nasce um filho nasce também uma mãe; ele aprende a mamar e a mãe a amamentar.

Uma cumplicidade ímpar.


Eu fiz questão absoluta de amamentar o Pedro. Antes de ele nascer, eu passava bucha vegetal nos mamilos durante o banho, fiz exercícios etc. Mesmo assim foi muito dolorido amamentar nos primeiros dias.
Eu gritava de dor! A sucção é forte! É algo novo, diferente.
Mas vê-lo mamando com vontade, feliz e depois adormecer saciado...não tem preço! Valeu todo o processo e a dor. Eram momento únicos, meu e dele apenas. Eu cantava para ele, conversava, fazia carinho no rostinho e na cabecinha...maravilhoso! MEU momento com ele!

Não deixe de passar por isso...não nege seu peito!
Todos os mitos caem por terra e você só pensa no prazer, na alegria e como é gratificante amamentar. Sensação de dever cumprido, de ser uma heroína!

Amamente.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Oito anos

Oito anos
Composição: Dunga / Paula Toller

Por que você é flamengo
E meu pai botafogo?
O que significa
"impávido colosso"?

Por que os ossos doem
Enquanto a gente dorme?
Por que os dentes caem?
Por onde os filhos saem?

Por que os dedos murcham
Quando estou no banho?
Por que as ruas enchem
Quando está chovendo?

Quanto é mil trilhões
Vezes infinito?
Quem é Jesus Cristo?
Onde estão meus primos?

Well, well, well
Gabriel...
Well, Well, Well, Well...

Por que o fogo queima?
Por que a lua é branca?
Por que a terra roda?
Por que deitar agora?

Por que as cobras matam?
Por que o vidro embaça?
Por que você se pinta?
Por que o tempo passa?

Por que que a gente espirra?
Por que as unhas crescem?
Por que o sangue corre?
Por que que a gente morre?

Do que é feita a nuvem?
Do que é feita a neve?
Como é que se escreve
Re...vèi...llon

Vendo estrelas

O Pedro gosta muito de ver a lua e as estrelas.
Depois que saímos da capital, onde não se vê as estrelas, ficou bem mais fácil de contemplá-las à noite.
Esses dias subi as escadas externas com o Pedro e fomos até o quintal sobre a edícula para vermos estrelas. Coloquei tapetes no chão, deitamos e ficamos ali observando.
O Pedro me apontava as estrelas, contava...de repente, soltou uma pérola:
- Mamãe, feito tudo água!
- O que é feito de água, filho?
- Céu, mamãe. Feito tudo água.
Depois de olhar o céu e analisá-lo bem, o Pedro, chegou à conclusão, de que o céu é feito de água.
Grande observação, filho!


quarta-feira, 2 de setembro de 2009

O que o fiho pensa do pai...

O que o filho pensa do pai...

Aos 7 anos:
Papai é grande. Sabe tudo!
Aos 14 anos:
Parece que Papai se engana em certas coisas que diz...
Aos 20 anos:
Papai está um pouco atrasado em suas teorias: não são desta época...
Aos 25 anos:
O "Coroa" não sabe nada... Está caducando, decididamente.
Aos 35 anos:
Com minha experiência, meu Pai seria hoje, milionário...
Aos 45 anos:
Não sei se consulto o "Velho" ; talvez me pudesse aconselhar...
Aos 55 anos:
Que pena Papai ter morrido; a verdade é que ele tinha idéias notáveis!
Aos 60 anos:
Pobre Papai! Era um sábio! Como lastimo tê-lo compreendido tão
tarde...

Nó no lençol

Nó no Lençol

"Numa reunião de pais, numa escola da periferia, a diretora incentivava o apoio que os pais deveriam dar aos filhos. Ela insistia que eles deveriam dar um jeito e, mesmo todos trabalhando fora, deviam encontrar uma forma de se fazer presentes.
Ela ficou muito surpresa quando um pai levantou e contou, no seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de ver o filho durante a semana, pois quando ele saía para trabalhar, muito cedo, a criança estava dormindo.
Quando voltava, já era tarde e o filho tinha ido para a cama. Se ele não fizesse isso não teria como sustentar a família.
Ele tentava se redimir indo beijar os filhos todas as noites quando chegava em casa. E, para que o filho tivesse certeza da sua presença, dava um nó na ponta do lençol. Isso acontecia religiosamente todas as noites! Quando o menino acordava, sabia, através do nó, que o pai havia estado ali para beijá-lo.
O nó era o elo de comunicação entre eles. Mais surpresa ficou a diretora quando constatou que o filho desse pai era um dos melhores alunos da sala. Essa história nos faz refletir como são muitos os jeitos de um pai, mesmo sem tempo, se fazer presente.

Você já deu um nó no "lençol" Hoje?"

Essas crianças...

Desde que tive meu filho Pedro penso em escrever. Não apenas algo para as mães mas compartilhar com todos as alegrias, sustos, tristezas, emoções e até os momentos de raiva que todos os pais passam com seus filhos.
Cada filho é único, não dá para generalizar. Mas existem coisas que toda criança faz, sem exceções...quem tem filho vai se identificar, quem pensa em ter filhos...vai se surpreender!

Além disso, quem é de Sorocaba e região poderá conferir, aqui, dicas de passeios, programação cultural e outras atividades voltadas para a família, conferidas e recomendadas por mim.